Novidades, Projetos

Página principal
===============
Nossa história
===============
Nossa missão
===============
Manual de sementes
===============
Programas
===============
Envolva-se
===============
Nossos parceiros
===============
Novidades, Projetos
1. Novidades do Brasil
2. Manual de sementes em Português
3. Galeria de fotos
4. Doações de sementes de Kokopelli
5. Link
6. Histórias de sucesso
7.
Técnicas de produção em agro-ecologia
===============
Entre em contato conosco

Subscreva à E-lista da Kokopelli Seed Foundation
for Updates


     


Cebolas

Classificação Botânica

A Cebola, Allium cepa, faz parte da Família das Liliaceae e da Tribo das Allieae. O gênero Allium compreende por volta de 700 espécies conhecidas.

Foto. A cebola-rocambole

Allium cepa é dividida em muitas sub-espécies.

- Allium cepa cepa. É a cebola comum.
- Allium cepa aggregatum. Essa sub-espécie compreende a cebola-batata e as echalotas.

A cebola batata é também chamada “cebola sob a terra”. Ela forma uma meia dúzia de bulbos mais ou menos arredondados e de cor amarelo cobre. Ele não floresce e se multiplica por bulbos.

A echalota da qual se conhecem dois tipos: a echalota cinza ou ordinária e a echalota de Jersey. A echalota ordinária se reproduz exclusivamente por bulbos enquanto a echalota de Jersey floresce às vezes produzindo sementes férteis. Entretanto, para essa última, a multiplicação por bulbos é a mais difundida.

- Allium cepa proliferum. Essa sub-espécie compreende a cebola de Catawissa e a cebola- rocambole.

A cebola de Catawissa se caracteriza por hastes ocas que se terminam por andares de bulbilhos (de um a três andares). Os bulbilhos são de cor violácea e encontra-se uma meia dúzia por andar. Eles são consumidos crus ou cozidos. A planta é vivaz.

A cebola-rocambole é também chamada cebola do Egito. Suas hastes se terminam por um ou dois andares de bulbilhos de cor vermelha cobre. A planta é vivaz, mas muito menos rústica e vigorosa do que a precedente. Ela floresce às vezes produzindo algumas sementes que são sem dúvida estéreis.

História

A Cebola é sem dúvida originária do Afeganistão, do Paquistão e do Irã. Parece que ele tenha sido importante na alimentação do antigo Egito (por volta de 2800 a 2300 antes de Cristo). Foram encontradas sementes até numa tumba Egipciana datada de 3200 anos antes de Cristo. É uma planta muito importante que é cultivada agora em todo planeta.

Polinização

As cebolas têm flores perfeitas (macho e fêmea), mas que, entretanto, são incapazes de se auto-fecundar. São flores hermafroditas e protândricas. De fato, os estames liberam seu pólen antes que o estigma seja receptivo. As flores individuais da umbela globulosa se abrem progressivamente durante quatro semanas, com a abertura máxima durante a segunda semana. Assim, durante esse lapso de tempo, há sempre estames que liberam seu pólen e estigmas e estilos que são receptivos.

Na maioria há polinizações cruzadas. As cebolas são polinizadas por insetos e a presença desses últimos é indispensável para a formação de belas plantas porta-sementes. A fim de preservar a pureza das variedades, é aconselhável isolar duas variedades de cebola porta-sementes com uma distância que varia de 400 metros a 1 quilômetro em função do ambiente.

A cebola pode se cruzar com a cebola-rocambole e às vezes com variedades da espécie Allium fistulosum. É indispensável isolar completamente essas plantas.

É desejável ter no jardim uma vintena de porta-sementes de cebolas, da variedade selecionada a fim de favorecer a manutenção de uma boa base genética.


Produção de sementes

Pode-se discernir muitas fases de crescimento das cebolas.

- A fase vegetativa cujo desenvolvimento ótimo se situa em temperaturas que variam de 20 á 25°C.
- A fase de bulbificação que é induzida por uma combinação de temperaturas mais elevadas (situadas entre 25°C e 35°C) e de dias longos (com um limite de fotoperiódico variando de 11:30 a 17 horas em função das variedades).
- A fase de interrupção de dormência que se manifesta de forma ótima em temperaturas de 12-15°C e que se concretiza pela emergência da haste do futuro porta-sementes.
- A fase de floração que é induzida por temperaturas frescas (com temperaturas noturnas inferiores a 15°C), isso sendo verdadeiro principalmente par as variedades originárias da zona temperada ou mediterrânea.

As sementes de cebola podem ser elaboradas de duas formas:
- da semente à semente.
- do bulbo à semente.

É esse segundo método que é privilegiado quando se deseja produzir sementes de qualidade. Ele consiste em se colher os bulbos na maturidade, selecioná-los em função dos parâmetros escolhidos, fazê-los invernar e replantá-los na primavera quando os riscos de geadas passaram. Em função da umidade e da temperatura, algumas variedades podem se conservar até 10 ou 12 meses. Algumas pesquisas recentes destacaram que se pode conservar as cebolas mais facilmente com temperaturas muito elevadas ou então bem frias (próximas de 0°C). São as temperaturas das moradias que são as mais nefastas para a conservação das cebolas.

A cebola é assim conduzida em planta bianual que vai produzir suas sementes por volta do final do verão do segundo ano de cultura.

Pode-se revelar necessário tutorar as porta-sementes cujas hastes florais podem atingir dois metros de altura. As sementes estão maduras quando as hastes começam a se tornar marrons. Elas têm uma cor preta e começam a cair no chão. Pode-se então cortar a cabeça com um pedaço de haste, colocá-la num saco de papel Kraft e pendurá-la de cabeça para baixo num lugar seco e ventilado a fim de terminar a secagem. Quando terminou, pode-se tamisar as sementes misturadas com os destroços vegetais.

É também interessante mencionar uma técnica africana de produção de sementes que nós pudemos observar no Burkina Faso e que é praticada em numerosos países da África. Os camponeses seccionam a parte superior da cebola que eles consomem. É a parte inferior que é ligeiramente enterrada ou então recoberta por uma cobertura vegetal. Cada bulbo contendo muitos gomos, os brotos emergem na periferia e são replantados, para produzir, cada um, uma planta porta-sementes.

As sementes de cebola têm uma duração germinativa média de 2 anos. Entretanto elas podem conservar uma faculdade germinativa até 7 anos. Um grama contém 250 sementes.